Secretaria da Educação orienta sobre devolução e descarte de livros didáticosPrevious Article
UFRB ofertará vagas em 18 cursos pelo Sisu na BahiaNext Article
Breaking News

Portal de Notícias e Serviços de São Francisco do Conde e Região

Vício em videogames passa a ser considerado um distúrbio

Line Spacing+- AFont Size+- Print This Article
Vício em videogames passa a ser considerado um distúrbio

Uma pessoa precisa ser observada por 12 meses antes de ser diagnosticada com vício em games

 

Os sintomas incluem o paciente não ter controle da frequência, intensidade e duração em que joga A Organização Mundial de Saúde (OMS) vai passar a considerar o vício em jogos de videogame um distúrbio. Na 11ª Classificação Internacional de Doenças (CID), a organização vai incluir a condição de “distúrbio de games”. De acordo com o documento, o problema consiste em um comportamento persistente de vício que leva a pessoa “a preferir os jogos a qualquer outro interesse na vida”.

Segundo a OMS, uma pessoa precisa ser observada por 12 meses antes de ser diagnosticada com vício em games. Os sintomas do problema incluem o paciente não ter controle da frequência, intensidade e duração em que joga videogame; priorizar os games a outras atividades do dia a dia e continuar ou até mesmo aumentar a frequência em que joga videogame, mesmo após o hábito já ter causado consequências negativas em sua vida.

A décima versão do CID foi publicada em 1992, mas uma nova versão sairá agora em 2018. Nesse meio tempo, alguns países já haviam identificado a condição de vício em games como um problema importante. No Reino Unido, por exemplo, já existem clínicas para cuidar do problema.

Outros países, como a Coreia do Sul, resolveram adotar medidas mais severas. Por lá, o governo criou uma lei para proibir pessoas menores de 18 anos de jogarem games entre meia-noite e seis da manhã. Já no Japão, os jogadores recebem uma advertência caso passem mais do que uma certa quantidade de horas jogando por mês.

Na China, a gigante Tencent, dona de jogos mobile como Clash Royale e controladora da Riot Games, responsável por League of Legends, estabelece um limite diário de horas em que uma criança pode jogar.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

leiamais

.

0 Comments

No Comments This Article Has No Comments Yet

Sorry, either someone took all the comments and ran away or no one left any in the first place !

But You can be first to leave a comment !

Leave Your Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Entretenimento

Jovem Aprendiz: Veja os requisitos e saiba como cadastrar seu currículo

Jovem Aprendiz: Veja os requisitos e saiba como cadastrar seu currículo   0

Podem participar alunos do ensino fundamental e médio, que estejam com a frequência escolar em dia   Se você está procurando por sua primeira experiência de trabalho, que seja gratificante e enriquecedora [...]

Previsão do Tempo

Enquete

O que você espera do ano de 2018?

View Results

Carregando ... Carregando ...

TV São Francisco do Conde

Digite seu endereço de email para receber novas notícias por email.

WhatsApp vai parar de funcionar em alguns celulares – Saiba quais!

Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
}